Imagem Autor
Por

Conteudista da Se Prepare Bem

Publicado em 17 de May de 2020 | Atualizado em 31 de May de 2020

Passando os olhos pelos diversos conteúdos sobre pós-graduação disponíveis no Google, vi a necessidade de me posicionar sobre o tema. É certo que há muitos outros casos aparentemente mais intrigantes que poderiam ser abordados, porém, não havia mistério, as respostas eram evidentes e a solução uma consequência.

Outro fator que me fez considerar falar sobre o tema foi o clima. O inverno chegou a Londres acendendo as lareiras e petrificando as mentes criminosas, o que fez meu espírito se contorcer de temor à estagnação.

Diante desta situação, parti para a estação ferroviária de Charing Cross e desembarquei em 2020 para explanar questões que envolvem a pós-graduação e suas complexidades.

Neste caso não contarei com a ajuda de meu fiel amigo e biógrafo, Dr. John Watson, mas espero que minha explicação seja a mais clara possível.

Observe os detalhes e entenda as diferenças

O mundo está cheio de coisas óbvias que ninguém jamais observa.

Você provavelmente já deve ter ouvido falar sobre pós-graduação, mas talvez não tenha percebido que não se trata de apenas um modelo de curso, mas sim, de uma classificação para os cursos feitos após a graduação. Simples, não?

Pois então agora irei avançar um pouco mais em meu raciocínio, espero que não seja demais para o intelecto de um ser humano comum.

A seguir, irei detalhar as características de cada modelo dos cursos de pós-graduação e evidenciar a importância de cada um. Mantenha-se atento aos detalhes.

A dualidade como ponto de partida

A princípio, é possível que você fique um pouco confuso, mas logo perceberá que todos os problemas se tornam infantis depois de explicados.

Desta forma, antes de tudo, é preciso que você entenda a definição de dois termos extremamente importantes: lato sensu e stricto sensu.

Primeiramente, vou me aprofundar nas particularidades do primeiro vocábulo citado.

Ampliando os sentidos

O termo Lato Sensu vem do latim, e pode ser traduzido como "sentido amplo". Partindo dessa descoberta, o que você já consegue deduzir?

Meu caro leitor, como já lhe foi dito, a pós-graduação envolve uma complexidade não muito conhecida, portanto, é importante que nossos estudos sejam feitos de forma minuciosa para que você aprenda de maneira eficiente.

Sendo assim, cabe a mim dizer que o termo "lato sensu" se dividi em mais dois grupos: as especializações e o MBA (Master Business Administration), que pode ser traduzido como Mestre de Administração e Negócios.

Especificando os sentidos

Agora que você já conhece todos os termos que a pós-graduação lato senso envolve, serei mais objetivo em minha narrativa para que consiga lhe apresentar as definições de cada um com clareza.

Começarei pela...

Especialização

Assim como um simples charuto me diz se seu dono é destro ou canhoto e me revela seu hábito mais peculiar, uma única palavra pode dizer tantas coisas que é preciso ter muita atenção e cuidado ao analisar seus significados.

Por isso, volto a dizer mais uma vez: mantenha sua atenção aos detalhes, eles são sempre os mais importantes.

Especialização. Se verbalizarmos esse substantivo, teremos a ação de "especializar", portanto, partindo desse ponto, podemos deduzir que a pessoa que demonstra interesse por cursos desse formato tem como objetivo se especializar em algo.

Então, sem mais delongas, as especializações tem como propósito principal ampliar os conhecimentos do profissional em uma área específica, capacitando-o com excelência para o labor.

Ao concluir com êxito uma especialização, o aluno receberá um certificado conferindo-lhe o título de especialista.

Um detalhe extremante importante: para a validação de certificados e diplomas é necessário que a instituição de ensino seja credenciada junto ao MEC e os seus cursos sejam devidamente reconhecidos.

O MEC (Ministério da Educação) é uma entidade responsável por garantir a qualidade de ensino oferecida pelas instituições de todo o país. Podemos considerá-lo como uma espécie de Scotland Yard brasileira da educação.

Umas das principais exigências feitas pelo Ministério da Educação para validação do curso é que a sua carga horária seja, de no mínimo, 360 horas.

Enfim, retornando ao ponto onde paramos...

Acredito que não deva ser difícil imaginar as vantagens de se tornar um especialista, mas como me comprometi com o caso, irei citar alguns dos muitos benefícios:

  • Ascensão de carreira: Com um certificado em mãos e muito conhecimento em mente, as chances de conquistar cargos mais altos aumentam consideravelmente.
  • Aumento de salário: É quase que uma consequência após concluir um curso de pós-graduação e ocupar um bom cargo, ter um aumento de salário significativo.
  • Reconhecimento profissional: É natural que após se tornar um especialista em determinado assunto o profissional tenha um grande reconhecimento.
  • Mais possibilidades com o EAD: Sem dúvidas, uma das coisas que mais me fascina nos tempos modernos é a praticidade e a escomunal conexão com as mais variadas fontes de informações que a tecnologia proporciona.

Uma dessas praticidades é a oportunidade de se pós-graduar a distância com a mesma qualidade de ensino oferecida nos cursos presenciais. O que possibilita ao aluno poder estudar onde e quando lhe for mais conveniente, sem contar a autonomia e otimização do tempo ocasionados.

Se ainda lhe restar alguma dúvida, como: “Vale mesmo a pena investir em um curso de pós-graduação EaD?”, considere sempre esta resposta: “Elementar, meu caro leitor.”

O Mestre da Administração

Agora, finalizarei a exposição dos modelos de cursos lato senso para que possamos prosseguir com este caso.

O MBA, como sua própria tradução sugere, Mestre de Administração e Negócios, é um curso focado nos pilares da administração e da gestão empresarial. Pactua precisamente com perfis de executivos, gestores, bem como, diretores corporativos.

No entanto, esteja sempre atento, pois não há nada mais enganador que um fato óbvio.

O que quero lhe dizer é que apesar de sua nomenclatura fazer referência ao título de mestre, esse modelo de pós-graduação, assim como a especialização, concede ao aluno um certificado de especialista.

Desse modo, para sua validação, além do reconhecimento do MEC, sua carga horária também deve ser de no mínimo 360 horas.

A segunda face da moeda

Agora que tudo sobre a pós-graduação lato sensu ficou devidamente esclarecido, darei continuidade em minha narrativa elucidando alguns aspectos da pós-graduação stricto sensu.

Se você conseguiu acompanhar meu raciocínio até aqui, acredito que não terá nenhuma dificuldade nesta segunda etapa.

O mestre e o doutor

Stricto sensu e lato sensu são ideias antagônicas, sendo assim, podemos traduzir stricto sensu como “sentido estreito”.

Se você ainda não conseguiu inferir muita coisa a partir dessa exposição, não se preocupe, pois irei explicar com precisão cada ponto a ser abordado.

Os cursos de pós-graduação stricto sensu também se dividem em 2 categorias, que são elas: mestrado e doutorado. Pela titulação já é possível mensurar a relevância de cada um, mas ainda sim, esclarecerei os termos.

Para uma mente ampla nada é pequeno

Desde que se tem em mente que toda informação é única e valiosa, você começa a entender e valorizar os detalhes que constroem o todo, em vez de tentar procurar sentido em ideias vagas.

No entanto, você deve dar importância e reservar um espaço em sua mente somente ao que lhe for proveitoso, pois não há espaço para conhecimentos inúteis.

Se tornar um mestre é uma consequência desse ato. E para garantir o diploma, o aluno deve aprofundar suas pesquisas científicas em um campo de estudo, além, é claro, de elaborar e apresentar uma dissertação que defenda suas pesquisas para uma banca de 3 professores, possivelmente, doutores.

Comumente esse modelo de pós-graduação pode durar de 2 a 3 anos.

The Doctor

Imagino que esteja se perguntando o porquê do termo em inglês. Já te adianto que não é por ser minha língua nativa e que não foi usado despretensiosamente. Você logo entenderá.

Para ingressar em um curso de doutorado, além de passar por entrevistas e provas escritas, o aluno deve comprovar seus conhecimentos em, pelo menos, 2 línguas estrangeiras.

Além do mais, é preciso desenvolver conclusões inéditas através de suas pesquisas e apresentá-las à uma banca de 5 doutores.

Esse modelo de pós-graduação pode durar em média de 3 a 4 anos.

Finalizando a explanação dos termos stricto sensu, dou como encerrada minha participação neste caso.

Se quiser continuar tendo acesso a conteúdos incríveis como este, siga a Se Prepare Bem nas redes sociais. Até breve, meu caro leitor.